Bandas e outros agrupamentos musicais

Uma cidade da música como a Amarante tem diversas bandas de originais que surgem ao longo do tempo, fomentadas pela paixão musical e pela vontade de criar e difundir a música na cidade. Atualmente, podem destacar-se as seguintes bandas em atividade: Full, Capitão Mocho, Bolabarage / Alfaiate, ASP, StandBy Stereo, Equilíbrio, Bastardos Mutantes, Gonçalo Santos, Oroboro.

Músico FULL
Full Kalash

Um rapper de Amarante, nascido em 1990, com um estilo próprio e versátil. A musicalidade e as batidas pesadas vão estar explicitas no lançamento do CD que está previsto para finais de 2017.

Equilíbrio

Equilíbrio é um músico de Amarante, que desde muito cedo descobriu a paixão pela escrita, interligando-se com o RAP e a cultura HIP HOP. Lançou um EP intitulado ‘Parte de Mim’ e neste presente ano lançou o seu primeiro álbum de originais intitulado “Luz”.

Músico Equilíbrio
Capitão Mocho

Os Capitão Mocho, juntos desde 2009 têm um som característico e de personalidade forte. Após a primeira apresentação mediática num programa televisivo catapultou a banda para novos palcos e públicos. Com o EP homónimo apresentado em Fevereiro 2016, a banda encontra-se em digressão para promover e divulgar este trabalho.

Bolabarage/Alfaiate

Bolabarage surge de uma gaveta fechada, cheia de músicas antigas de Nuno Sampaio, que os amigos Gustavo Carvalho, Luís Carvalho e Matheus Aquino encorajaram a abrir. Formaram um quarteto de rock descontraído e cantado em português, com músicas fáceis de ouvir e sentir.

No verão de 2016, e porque outros caminhos profissionais assim o exigiram, a banda segue em formato acústico com Nuno Sampaio e Matheus Aquino, à qual se junta Pedro Fidalgo, e com novo nome, Alfaiate. O repertório é constituído por músicas de rock descontraído, cantadas em português, e apresentadas em formato acústico.

Bandarte, Amarante
Banda OROBORO
Oroboro

Oroboro, é uma homem-banda de punk-fado, cantado em português, que nasceu em Maio de 2014. Toda a música é produzida com um guitarraixo – um instrumento preparado, entre a guitarra e o baixo – em live looping.

Entre 2014 e 2016 já tocou um pouco por todo o país, desde Coimbra, Évora, Porto, Lisboa, Vila Real, Viseu, entre outras cidades. Lançou o primeiro disco ‘Dotes de Corte&Costura’ em Agosto de 2016, pela Gente sem Vergonha.

ASP

Os ASP são Flávio Azevedo (Voz), Gil Pinto (Baixo), Fábio Teixeira (Bateria), Carlos Ferreira (Guitarra) e Gustavo C. (Guitarra). São uma banda que se assume numa fusão de hip-hop e rock, cantado em português.

ASP
Banda bastardos mutantes
Bastardos Mutantes

Bastardos Mutantes é um trio de guitarra, bateria e baixo, formado em 2016. A maqueta de apresentação, editada pela Gente sem Vergonha, está disponível desde Julho de 2016: ‘fita gasta’ é música sem limites de géneros, desde que seja alto, desde que seja rock!

Gonçalo Santos

Gonçalo Santos, nasceu em 1996 e, desde cedo, se iniciou o seu interesse pela música (inicia, aos 8 anos, a sua aprendizagem musical e, com 12 anos, compõe o seu primeiro tema). Depois da participação em alguns programas televisivos, o seu interesse em fazer carreira no meio musical tornou-se mais sério e, em 2015, entrou em estúdio para começar a produzir alguns temas que vão fazer parte do álbum de estreia.

músico GONÇALO SANTOS
Banda STANDBYSTEREO
StandBy Stereo

StandBy Stereo, banda fundada em 2013, mas cujas raízes remontam a outros projetos musicais desenvolvidos desde 2009. A banda é constituída por quatro elementos: Pedro Macedo na voz e guitarra, Maria Ribeiro na voz e baixo, Tozé Bessa na guitarra e Rui Ribeiro na bateria. A sonoridade da banda enquadra-se no rock alternativo, cantado maioritariamente em português.