Bandas e outros agrupamentos musicais

Uma cidade da música como a Amarante tem diversas bandas de originais que surgem ao longo do tempo, fomentadas pela paixão musical e pela vontade de criar e difundir a música na cidade. Atualmente, podem destacar-se as seguintes bandas em atividade: Full, Capitão Mocho, Bolabarage / Alfaiate, ASP, StandBy Stereo, Equilíbrio, Bastardos Mutantes, Gonçalo Santos, Oroboro.

Mz Boom Bap

José Luís Silva mais conhecido pelo nome artístico de Mz Boom Bap é um produtor, beatmaker nascido na cidade de Amarante a 5 de Dezembro de 1986, a sua carreira musical começou no ano de 2005 tendo sido o pioneiro da cultura hip hop em Amarante.
Antes de se ter dedicado apenas a produção Mz, pisou vários palcos de norte a sul do pais como mc de um dos grupos mais importantes do hip hop nacional da época, o colectivo “Recarga” que fez sucesso com o tema liberdade que atingiu milhões de visualizações nas redes sociais tendo tido bastante projeção em rádios e até TVs, ao vivo destacam-se salas de renome como o Hard Club (Porto), Music Box (Lisboa), Le club (Vigo), tendo também tocado nas queimas das fitas de Vila Real, Bragança, Carnaval de Ovar e bares e discotecas de todo Portugal.
Tendo sido posto fim ao colectivo Recarga Mz lançou vários singles a solo entre os quais “Zé e Maria” que atingiu dezenas de milhar de plays principalmente no youtube.
Após uma grande experiência como mc que durou vários anos, dedicou se apenas a produção, a mesma atividade a que se dedica hoje, tendo já trabalhado em álbuns de artistas de todo mundo tornando se assim um dos nomes mais respeitados do Hip Hop old school a nível europeu o que lhe valeu no ano de 2015 a oportunidade de lançar um disco no formato vinyl pela editora americana Don’t Sleep Records em conjunto com a editora alemã Vinyl Digital, disco este que atingiu o número 1 de vendas em formato físico e também número 1 de vendas em formato digital na plataforma bandcamp.
Mz e uma pessoa bastante agarrada as suas raízes e mesmo perante as diversas oportunidades continua a fazer a sua música diretamente da sua cidade natal Amarante, a qual carrega com todo orgulho em todo lado que a sua música é projetada.

Full Kalash

Um rapper de Amarante, nascido em 1990, com um estilo próprio e versátil. A musicalidade e as batidas pesadas vão estar explicitas no lançamento do CD que está previsto para finais de 2017.

Músico FULL
Músico Equilíbrio
Equilíbrio

Equilíbrio é um músico de Amarante, que desde muito cedo descobriu a paixão pela escrita, interligando-se com o RAP e a cultura HIP HOP. Lançou um EP intitulado ‘Parte de Mim’ e neste presente ano lançou o seu primeiro álbum de originais intitulado “Luz”.

Capitão Mocho

Os Capitão Mocho, juntos desde 2009 têm um som característico e de personalidade forte. Após a primeira apresentação mediática num programa televisivo catapultou a banda para novos palcos e públicos. Com o EP homónimo apresentado em Fevereiro 2016, a banda encontra-se em digressão para promover e divulgar este trabalho.

Bandarte, Amarante
Bolabarage/Alfaiate

Bolabarage surge de uma gaveta fechada, cheia de músicas antigas de Nuno Sampaio, que os amigos Gustavo Carvalho, Luís Carvalho e Matheus Aquino encorajaram a abrir. Formaram um quarteto de rock descontraído e cantado em português, com músicas fáceis de ouvir e sentir.

No verão de 2016, e porque outros caminhos profissionais assim o exigiram, a banda segue em formato acústico com Nuno Sampaio e Matheus Aquino, à qual se junta Pedro Fidalgo, e com novo nome, Alfaiate. O repertório é constituído por músicas de rock descontraído, cantadas em português, e apresentadas em formato acústico.

Oroboro

Oroboro, é uma homem-banda de punk-fado, cantado em português, que nasceu em Maio de 2014. Toda a música é produzida com um guitarraixo – um instrumento preparado, entre a guitarra e o baixo – em live looping.

Entre 2014 e 2016 já tocou um pouco por todo o país, desde Coimbra, Évora, Porto, Lisboa, Vila Real, Viseu, entre outras cidades. Lançou o primeiro disco ‘Dotes de Corte&Costura’ em Agosto de 2016, pela Gente sem Vergonha.

Banda OROBORO
ASP
ASP

Os ASP são Flávio Azevedo (Voz), Gil Pinto (Baixo), Fábio Teixeira (Bateria), Carlos Ferreira (Guitarra) e Gustavo C. (Guitarra). São uma banda que se assume numa fusão de hip-hop e rock, cantado em português.

Bastardos Mutantes

Bastardos Mutantes é um trio de guitarra, bateria e baixo, formado em 2016. A maqueta de apresentação, editada pela Gente sem Vergonha, está disponível desde Julho de 2016: ‘fita gasta’ é música sem limites de géneros, desde que seja alto, desde que seja rock!

Banda bastardos mutantes
músico GONÇALO SANTOS
Gonçalo Santos

Gonçalo Santos, nasceu em 1996 e, desde cedo, se iniciou o seu interesse pela música (inicia, aos 8 anos, a sua aprendizagem musical e, com 12 anos, compõe o seu primeiro tema). Depois da participação em alguns programas televisivos, o seu interesse em fazer carreira no meio musical tornou-se mais sério e, em 2015, entrou em estúdio para começar a produzir alguns temas que vão fazer parte do álbum de estreia.

STANDBY STEREO

O nascimento dos STANDBY STEREO dá-se em 2013, a partir de outros projetos musicais que já vinham a ser desenvolvidos desde 2009 no estúdio da Casa da Juventude de Amarante.
A sonoridade que identifica a banda é o rock alternativo, cantado em português. Entre as principais influências da banda contam-se os Ornatos Violeta, Linda Martini, Foo Fighters, Pearl Jam, Dinosaur Jr., Jeff Buckley, The Smashing Pumpkins e The Subways.
Atualmente a banda é composta por Pedro Macedo na voz e guitarra ritmo, João Costa na guitarra solo, Ricardo Rocha no baixo e Zé Pedro Abreu na bateria.
Maioritariamente atuando em bares e eventos de pequena dimensão, a banda também já teve o privilégio de partilhar o palco com grandes artistas do panorama nacional, como Diogo Piçarra, Agir, Blaya e Putzgrilla.
O Verão de 2018 trouxe o reconhecimento de ver o tema “Condições Dos Termos” ser incluído na banda-sonora da telenovela “Vidas Opostas”, da SIC.
Nos planos da banda para o futuro está a promoção do EP “Cartas Na Mesa” com atuações ao vivo marcadas pela sua energia contagiante e emotividade na entrega ao público.