Mimo a Minha Cidade

A ação “Mimo a Minha Cidade” foi pensada para promover o comércio em Amarante, em especial na altura durante o Festival MIMO e o período de pico de afluência turística e de regresso da comunidade emigrante. Esta ação do projeto RUA foi desenvolvida em sinergia com a candidatura de Amarante à Rede das Cidades Criativas da UNESCO, uma vez que o tema de inspiração foi Amarante Cidade Criativa.

Para a construção criativa das narrativas e das ilustrações, foi convidada a escritora Adélia Carvalho, e os ilustradores Anabela Dias e Diogo Cardoso. A narrativa cruzou figuras chave do universo histórico de Amarante, nomeadamente Amadeo de Souza-Cardoso, Teixeira de Pascoes, S. Gonçalo, e o Trovador criador da viola Amarantina, no qual todos eles expressam um saudosismo muito típico da cultura portuguesa, no qual a principal saudade é, neste caso, a saudade de Amarante, e de vários elementos da cidade e da sua cultura.