Biblioteca Municipal Albano Sardoeira

Esta Biblioteca criada em 1947, sob a iniciativa do professor e investigador de história de Amarante,
Dr. Albano Sardoeira, e, a partir de 1960, contou com a instalação da Biblioteca Fixa da Fundação Calouste Gulbenkian, contribuindo estes para a divulgação do livro na comunidade Amarantina. Inicialmente, a Biblioteca funcionava num dos claustros do Convento Dominicano de São Gonçalo de Amarante. Em 1993, a Câmara Municipal de Amarante adquire a Casa da Cerca, que se encontrava em adiantado estado de abandono, instalando aí a nova Biblioteca e também o Arquivo Municipal, tendo sido a inauguração a 1 de Novembro de 2003. Atualmente, para além da biblioteca central, localizada na cidade de Amarante, existe ainda um polo da Biblioteca em Vila Meã.
A Biblioteca está integrada na Rede Nacional de Leitura Pública, tem como princípios de gestão e funcionamento os enunciados do Manifesto da UNESCO sobre Bibliotecas Públicas.

BIBLIOTECA MUNICIPAL ALBANO SARDOEIRA